FAMILIOTECA: BRINCADEIRAS DE NASCER LIVRO!!
OFICINA DE BRINCADEIRAS, LEITURAS PARA PAIS E FILHOS
Leite, leitura
letras, literatura,
tudo o que passa,
tudo o que dura
tudo o que duramente passa
tudo o que passageiramente dura
tudo,tudo,tudo
não passa de caricatura
de você, minha amargura
de ver que viver não tem cura
Paulo Leminski
Viajar pela leitura
sem rumo, sem intenção.
Só para viver a aventura
que é ter um livro nas mãos.
É uma pena que só saiba disso
quem gosta de ler.
Experimente!
Assim sem compromisso,
você vai me entender.
Mergulhe de cabeça
na imaginação!
Clarice Pacheco
Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar.
Rubem Alves
EMENTA:
Estamos vivendo um momento bastante complexo e conflitivo em termos de Educação. O mito do raciocínio científico, com todo seu ritual tecnológico, como o da objetividade, por exemplo, encontra-se esgotado em seu potencial criativo. “Uma utopia com o coração é imprescindível, na premente façanha de resgatar a consciência de inteireza, facilitando assim, que o humano se desvele a si mesmo como um espaço de encontro de todos os planos do Universo”. Todos somos convocados à inteireza. Apenas os inteiros estarão preparados para os novos desafios. Por essa razão, o termo-chave é o holístico, proveniente do grego “holos”, que significa inteiro, total. Visão holística é o encontro entre a ciência e a consciência. Queremos a busca de um sentido pleno, totalmente vinculado à inteireza, ao templo do saber, do prazer de conhecer, de perceber a fluidez natural das coisas, da vida.
E assim, brincar é um direito da criança, faz parte da sua totalidade, da sua humanidade, do seu ser. Não só da criança, mas de todo os seres humanos e também dos animais. Somos seres lúdicos e nos esquecemos disso.
A infância é o alicerce da vida, a pedra fundamental dos futuros homens e mulheres, cidadãos do mundo. Brincar é a forma de apreender o mundo, conhecê-lo, exercitar e desenvolver destrezas, estimular sua inteligência e conectar-se com os seres que o rodeiam afetiva e criativamente. Por isso brincar é uma necessidade e um direito. É importante que o jogo espontâneo tenha lugar na família, nos grupos de amigos, como também na escola. O jogo livre é riquíssimo em experiências estimulantes para o desenvolvimento, fixa, potencializa, estimula novas aprendizagens. O que potencializa a aprendizagem é exatamente o lúdico, o prazer de aprender, em três situações:
a) oxigênio - quanto mais oxigênio no cérebro, mais fácil e rápido o aprendizado. Como se consegue oxigenar o cérebro? Exatamente com:
b) Movimentação dos grandes músculos - Tornar fluídica a circulação provoca oxigenação cerebral. Ativando a circulação através de movimento corporal e da respiração, estaremos preparando o cérebro para a aprendizagem.
c) Humor - aprender rindo, se divertindo leva-nos a busca do prazer. O que aprendemos com prazer não esqueceremos jamais.
Portanto, sabemos o quanto a brincadeira é importante na aprendizagem, pois brincando, estamos respirando, exercitando o corpo e a emoção, saboreando o prazer de brincar. A maioria dos educadores (pais e professores) deveria recorrer às suas memórias infantis para resgatar o verdadeiro valor dos jogos espontâneos e poderiam, assim, permitir o lazer de seus educandos, utilizando-o como seu melhor aliado. É a forma com que as crianças recriam sua vida. Expressar-se criativamente através da brincadeira permite elaborar crises vitais, analisar situações dolorosas e problemas buscando a transformação pessoal. Brincadeira e criatividade se conjugam para oferecer às pessoas uma forma de resolver problemas de maneira natural e adequada ao próprio ritmo e necessidades. Neste caso, o jogar do adulto pode manifestar-se através de atividades artísticas ou expressivas que canalizam conflitos, dissolvem bloqueios e elaboram situações difíceis. Na era das terapias complementares, o jogar, esta velha e universal atividade, aparece também como uma alternativa. Então nos damos conta de que a possibilidade está ali, na nossa mão e nos faz voltar às nossas experiências de crianças e que existe em nós a capacidade de reparação interna, capacidade essa sempre presente nas crianças.
E assim, podemos descobrir que se pode debulhar as lágrimas, pintar as dores, brincar de roda de risos, dançar o pranto, a exemplo do filme Zorba, o Grego, sapatear de alegria, cozinhar a plenitude, escrever a ansiedade. Não nos tornamos crianças ao fazer estas coisas? Assim crescemos e desenvolvemos potencialidades escondidas tornando-nos capazes de autocura e harmonização. Podemos fazer o mesmo que fazem as crianças: aproveitar nossas capacidades e crescer. A força transformadora do jogo não tem idade. É por isso que há necessidade urgente de se criar verdadeiras oportunidades de jogo livre, para que a criança abra um espaço na sua vida interior à curiosidade, ao desfrute de sua imaginação e criatividade.
Brincar é uma necessidade cotidiana na vida das crianças. E, para que brinquem é suficiente que não sejam impedidas de exercitar a imaginação simbólica, instrumento que lhes fornece os meios de assimilar o real aos seus desejos e aos seus interesses. A brincadeira é um meio privilegiado de inserção na realidade, expressa a forma como a criança reflete, ordena, desorganiza, destrói e reconstrói o mundo à sua maneira. E é também um espaço onde pode expressar, de modo simbólico, suas fantasias, desejos, medos, sentimentos e os conhecimentos construídos a partir da experiência vivida.
A trajetória da brincadeira é a trajetória das histórias, da criação literária,da leitura, da vida.
OBJETIVO:
Tendo em vista as reflexões acima colocadas, a oficina levará aos pais a oportunidade de experienciar brincadeiras junto aos seus filhos, transformando a relação numa ação muito mais amorosa e harmoniosa, na descoberta de como nasce um livro. E, que desta forma, a educação possa ser uma encantadora, prazerosa e alegre tarefa.
CONTEÚDO
Fantasia X Realidade
Ciclagem cerebral e prazer
Ação relaxante nas brincadeiras
Criatividade e modelagem
Brincadeiras X responsabilidade
Equilíbrio físico e mental
Autopercepção e contato consigo mesmo
Atividade corporal muscular
Ativação circulatória X prazer de viver e aprender com a vida.
Observação: Esse conteúdo será apresentado por meio de brincadeiras, contação de histórias, fantoches, poesias, colagem, brincadeiras de rodas.
ESTRATÉGIAS:
-Rápida explanação teórica;
- Exercícios de Relaxamento
- Brincadeiras grupais de: roda, cantigas e outras.
- Dinâmicas de grupo;
- Recorte e colagem;
- Envolvimento e troca entre os participantes;
- Relação Interpessoal;
- Brincadeiras dos sentidos (visuais, auditivas, olfativas, gustativas e cinestésicas);
-Exercícios grupais lúdicos, de criatividade;
- Apresentação de um pequeno filme;
- Conversa com um escritor;
- Criação de um pequeno livro.
MATERIAL NECESSÁRIO:
Aparelho de som com CD, colchonetes, espaço livre para atividades grupais. Data show. O notebook, a facilitadora levará.
PÚBLICO ALVO: pais e crianças de até 10 anos. Professores interessados em levar para sua sala de aula essas estratégias. Pessoas que se interessem pelo assunto.
DATAS PREVISTAS: a combinar
NÚMERO DE HORAS: 3 a 4 horas de oficina. (uma manhã ou uma tarde).
HORÁRIO: a combinar
INVESTIMENTO: R$ 250,00 (duzentos e cinqüenta reais) a hora trabalhada. Valor total da oficina = R$1.000,00 (hum mil reais).
DOCENTE
MAGDA LUCIA VILAS-BOAS
APRESENTAÇÃO
Formada em Letras pela Faculdade de Filosofia Santo Tomás de Aquino de Uberaba/MG. Especialista em Psicologia Organizacional pela UNIFRAN – Franca/SP. Curso de Mestrado em Comunicação e Semiótica pela PUC/São Paulo/SP. Curso de Coaching Express Condor Blanco pela AIPC – Associação Internacional dos Profissionais de Coaching. Practionner em Programação Neurolinguística, conhecimentos de Biodança e Movimento Corporal, Saúde e Qualidade de Vida.
HABILIDADES PARA FORMAÇÃO
* Practitioner em Programação Neurolinguística;
* Relaxamento Psicossomático;
* Treinamento Autógeno;
* Cursos, Palestras, Workshops e outros eventos;
* Treinamentos e Consultoria Empresarial;
* Treinamentos e Consultoria Educacional;
* Contadora de histórias;
* Professora de vários módulos de Graduação e Pós-Graduação;
* Life coaching, Coaching executive e coaching de talentos.
EXPERIÊNCIA
* Vinte (20) anos de experiência;
* Mais de mil e setecentos (1.700) trabalhos realizados no país e fora do país.
AUTORA DAS SEGUINTES OBRAS:
VILAS-BOAS, Magda.
*Relaxamento com Crianças. 15a. ed. – Traduzido para a Língua Espanhola na Argentina - Ejercícios de Relaxación com Niños. Argentina: Edições Loyola.
* Terceira Idade: Uma Experiência de Amor. 6a. ed. São Paulo/SP: Edições Paulinas.1995.
* Crianciranda: Terapia Corporal com Crianças. São Paulo: Editora Loyola.1994.
* Resgatando a Vida: Guia de Apoio ao Processo de Cura. Uberaba/MG: Editora Vitória. 2003.
* Atraindo Realizações. CD inspirado no filme: O Segredo. 2008.
* Um Dedinho de Deus na Terra: Crônicas a Um Pai. Campinas/SP: Editora Komedi, 2010. Co-autoria com José Homero Adabo.
* ESTEVAM, Humberto. MUNIZ, Rogério. Ultrapassando a Fragmentação: Pedagogia da Inteireza na Educação de Jovens e Adultos. Uberaba: Editora e Gráfica Cenecista Dr. José Ferreira, 2012.
* Aprender a Cuidar na Convivência. São Paulo: Edições Loyola, 2013.
CURRÍCULO NA PLATAFORMA LATTES
http://lattes.cnpq.br/7756770179048738
CONTATOS:
www.magdavilasboas.com.br
contato@magdavilasboas.com.br
consultoria@magdavilasboas.com.br
19-3252-2661
19-9 9605-6363