Os dois, depois que combinaram entre si quais normas serão determinadas. Devem passar as normas numa reunião de família, em que os filhos possam ouvir opinar. E se os pais não estiverem de acordo com a opinião dos filhos, dialogar e esclarecer o porquê das normas. Nunca um dos cônjuges pode desrespeitar as ordens do outro.

Magda Vilas-Boas